icon.png
WhatsApp Image 2021-07-09 at 16.32.01.jpeg

Reprodução/Lara Luz

olfato, percepção e
linguagem

8h - 1 aula 

Apesar de nós humanos sermos excelentes em detectar e discriminar estímulos olfativos, somos péssimos em identificá-los e nomeá-los. Um dos motivos pelo qual isso ocorre é porque o sentido do olfato é neurobiologicamente diferente dos nossos outros sentidos. O segundo motivo é porque não aprendemos a voltar a atenção para a sensação olfativa. Assim, não desenvolvemos o hábito de trazê-la à consciência, analisá-la e, então, nomeá-la. Por esses dois motivos, a maioria das nossas experiências olfativas não são verbais. Entretanto, algumas profissões exigem que seus profissionais (como degustadores, chefs e perfumistas) sejam capazes de identificar e nomear com precisão uma miríade de estímulos olfativos. A habilidade olfativa pode ser desenvolvida com treinamento, o que torna mais eficiente tanto o processamento cerebral do estímulo quanto a capacidade de nomeá-lo. Aprender a identificar as famílias de aromas é o pilar central do treinamento olfativo.

EM
BREVE

*Os cursos presenciais são acordados diretamente.

WhatsApp Image 2021-07-09 at 16.32.01.jpeg

programa

icon.png

aula
1

AULA TEÓRICA
Percepção Olfativa (manhã)



(1) A neurobiologia do sistema olfativo para que o aluno entenda como os estímulos olfativos são captados e percebidos.
 

(2) O papel da memória e emoções na identificação olfativa.
 

(3) Crossmodalidade: O “cross-talk” entre percepções olfativas e os sentidos gustativo (aroma ‘doce’), tátil (aroma ‘pungente’) e visual (aroma ‘verde’).
 

(4) A linguagem olfativa (combinando conceitos da emoção e da cognição).
 

(5) As grandes famílias ou grupos de aroma e como identificá-los sensorialmente segundo a crossmodalidade.

aula
2

AULA PRÁTICA
Exercícios de Percepção e Descrição Olfativa (tarde)


 

(1) Teste olfativo de reconhecimento de diferentes aromas e categorização nas famílias aromáticas para café (frutado, floral, especiarias, noz/cacau, herbal, etc).
 

(2) Teste olfativo de identificação de descritores através da categorização em famílias de aromas.
 

(3) Teste olfativo de identificação de sabores (olfato retronasal) com adição de flavors em cafés.
 

(4) Análise olfativa de três amostras de café.

EM BREVE

*Os cursos presenciais são acordados diretamente.

BIO_Fabi.jpg
instrutora.png

Fabiana Carvalho, PhD

É neurocientista. Bacharel e mestre em Bioquímica pela UFMG, doutora em Psicologia pela USP e University of Glasgow, Escócia, e pós-doutora pelo King's College London, Inglaterra. Hoje é pesquisadora na FEA, Unicamp, na área de crossmodalidade e percepção. Ela também desenvolve o projeto "The Coffee Sensorium" em colaboração com a University of Oxford, Inglaterra, onde investiga o efeito de fatores externos na percepção de sabor de cafés especiais. 

PALAVRAS DELES

0021.png

"These courses widen my perspective of specialty coffee perception. Not only they organized my knowledge, but also gave a lot of solid answers for issues got only my personal guesses. I would recommend this course for every coffee professional that looks for a science base point of view for all the subjects we think we know the answer to."

—  agnieszka rojewska

WORLD BARISTA CHAMPION 2018

DÚVIDAS?
Envie um e-mail para coffee.sensorium@gmail.com