icon.png
WhatsApp Image 2021-07-05 at 17.19.18.jpeg

preparatório
para q-grader

21h - 3 dias 
Vagas: máximo de 6 alunos por turma 

O curso se propõe a simular os exames que acontecem durante a certificação Q-Grader, originalmente proposta pelo CQI (The Coffee Quality Institute). A certificação permite formar provadores profissionais de cafés especiais para classificação de qualidade dos cafés. As provas são sempre baseadas no formulário de avaliação da SCA, que consta da necessidade de avaliação de 11 atributos de qualidade dos cafés. Entretanto, o profissional para ser Licenciado Q-Grader precisa treinar para diversas habilidades no que diz respeito à análise sensorial. Desta forma, são testes que habilitam uma conversa única entre os profissionais certificados.
Nosso curso propõe apresentar os 19 testes para o aluno, a fim de treiná-lo para certificação que, além de ser considerada um investimento alto, é extremante intensa e exaustiva. Portanto, é necessário que o candidato se sinta seguro para ser examinado. O curso abordará todos estes conhecimentos técnicos, juntamente com conhecimentos teóricos.

Investimento
R$2.000,00

WhatsApp Image 2021-07-05 at 17.19.18.jpeg
 

programa

icon.png

- Detalhes do Protocolo SCA (desde o material, equipamentos, montagem de mesa, execução e preenchimento do formulário);

- Cuppings diversos com cafés do Brasil e do mundo;

- Triangulações com os cafés referentes às mesas de cupping;

- Testes olfatórios com o Le Nez du Cafè;

- Testes sensoriais conhecidos como “Sensory Skills” I, II e III (as três modalidades que são exigidas na certificação Q-grader);

- Teste dos ácidos orgânicos (“Matching Pairs”);

- Defeitos;

- Green grading (classificação de cafés verdes);

- Roasted grading (classificação de cafés torrados);

- Roasting ID (teste de grau de torra para mesmas amostras);

- Identificação de sabores (positivos e negativos).

 

Investimento
R$2.000,00

BIO_Veros.jpg
instrutora.png

Veronica Belchior, PhD (UFMG)

É bióloga, mestre em Ecologia pela UFJF e doutora em Ciência de Alimentos pela UFMG e UPorto. Em seu doutorado, estudou a construção de modelos estatísticos preditivos da qualidade de cafés especiais previamente classificados de acordo com o protocolo SCA. É Q-Grader e instrutora dos cursos de análise sensorial em cafés especiais e química do café. Atualmente, é pós-doutoranda no Departamento de Química da UFMG, cujo trabalho explora as ferramentas químicas analíticas de cafés crus e torrados, juntamente com quimiometria, na construção de modelos preditivos da qualidade de cafés submetidos a diferentes perfis de torração. 

BIO_Maisa.jpg
instrutora.png

Maísa Mancini, PhD (UFLA)

Maísa Mancini é nutricionista pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (2012), mestre (2016) e doutora (2020) em Ciência dos Alimentos pela Universidade Federal de Lavras, na área de cafés especiais, com atuação em análise sensorial, desenvolvimento de novos produtos à base de café, comportamento do consumidor e crossmodalidade. No doutorado, estudou a influência de fatores externos ao café na percepção de sabor, com ênfase em atributos de embalagens.

PALAVRAS DELES

0021.png

"These courses widen my perspective of specialty coffee perception. Not only they organized my knowledge, but also gave a lot of solid answers for issues got only my personal guesses. I would recommend this course for every coffee professional that looks for a science base point of view for all the subjects we think we know the answer to."

—  agnieszka rojewska

WORLD BARISTA CHAMPION 2018

DÚVIDAS?
Envie um e-mail para coffee.sensorium@gmail.com